CLICK HERE FOR THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES »

sábado, 23 de fevereiro de 2008

Buracos negros

O que são?



Como já tinha referido anteriormente, os buracos negros são o fim de vida das estrelas Super gigantes. E se a massa do centro da super nova for 2 vezes a massa do Sol vão se transformar em Buracos Negros. Existe um limite no qual a extrema massa produz, devido a força da gravidade intensa, um colapso da matéria. Toda a massa do corpo passa a estar contida em um ponto. Este ponto é chamado de singularidade, onde a densidade se aproxima do infinito. O campo gravitacional resultante é tão forte que nem mesmo a luz é capaz de escapar.





E porque o nome de “ Buraco negro”?




A estes objectos foi dado o nome de “buracos negros” porque se o campo gravitacional é tão intenso que a velocidade precisa para “ escapar” de lá é maior que a velocidade da luz, por isso até mesmo a luz fica lá “presa”, por isso é que se chama negro. O termo buraco não tem o sentido usual da palavra, mas é aqui aplicado porque os eventos e o que está no se interior não pode ser visto por observadores externos.


Quais são os tipos de Buracos negros que existem?
Os buracos negros são objectos relativamente simples, pelo facto de se poderem classificar com base em apenas 3 características (massa, momento angular e carga eléctrica):



  • Buracos Negros Estelares: originados a partir da evolução de estrelas massivas e portanto com massa da ordem das massas estelares.



  • Buracos negros Supermassivos: encontrados nos centros das galáxias, com massas de milhões a um bilhão de vezes a massa solar, provavelmente formados quando o Universo era bem mais jovem a partir do colapso de gigantescas nuvens de gás ou de aglomerados com milhões de estrelas.



Como podemos encontrar um “buraco negro”?



Não é possível observar um buraco negro directamente porque ele não emite radiação. Entretanto, um buraco negro exerce força gravitacional sobre os corpos ao seu redor e graças a isso podemos detectá-lo.
Os buracos negros também podem ser detectados porque podem conter um disco de acreção.


3 comentários:

Blog da Karen disse...

Sempre achei buracos negros muito interessantes, mesmo não sabendo nem o básico sobre eles... adorei a matéria

Livia Nunees disse...

Sou nova e mesmo assim, seeempre gostei de astronomia, desde que me entendo por gente na verdade. Tenho certeza de que vou me formar em astronomia, mesmo não gostando muito de matemática. huahuhua'

Scheffer disse...

Interessante mesmo, Leiam + no Wikipédia.